terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Ano Internacional da Biodiversidade

Sabias que um estudo publicado em 2004, na revista “Nature”, sobre os possíveis impactos das alterações climáticas em milhares de espécies de mamíferos, aves, anfíbios, répteis, borboletas e outros invertebrados, em 6 zonas ricas em termos de biodiversidade, mostrou que entre 15 e 37% destas poderão extinguir-se até 2050?
É verdade... Para inverter esta tendência, os líderes europeus estabeleceram o objectivo de travar a perda de biodiversidade na Europa e a recuperação dos habitats e sistemas naturais até 2010 – ano que ficará inteiramente marcado pelas comemorações dedicadas ao Ano Internacional da Biodiversidade.
Os Estados Membros da União Europeia ficarão com a responsabilidade de estabelecer uma ambiciosa abordagem política do plano de acção com uma proposta de medidas concretas. Os principais objectivos do plano de acção a nível internacional passam por reforçar a importância de conservar a biodiversidade tanto para o bem-estar da humanidade como para o desenvolvimento da economia, assim como consciencializar o maior número de pessoas possível.
Para o efeito, Portugal está a criar uma Comissão Nacional, que será presidida pelo Instituto de Conservação da Natureza e da Biodiversidade.
Está previsto ainda um conjunto de políticas a nível nacional, comunitário e europeu. Segundo a Agência Europeia do Ambiente, as várias políticas incidem em medidas de protecção específicas para espécies e habitats importantes. O Ciência Hoje revela ainda que fonte da Secretaria de Estado do Ambiente tem em mente duas propostas concretas de programação (Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos e Centro de Biologia Ambiental) para a criação de uma comissão nacional, restando definir um calendário único.
Prevê-se ainda um ciclo de debates, comemorações e visitas a áreas de maior diversidade. Poderá existir também uma articulação com o país vizinho, já que Portugal partilha uma área de geo-biodiversidade, com Espanha.

O que é a biodiversidade?
A biodiversidade engloba a variedade de genes, espécies e ecossistemas que constituem a vida no planeta. Assiste-se a uma perda constante deste conjunto, com extinções e destruições com profundas consequências para o mundo natural e o bem-estar humano. De certeza que já ouviste falar no lince ibérico, por exemplo, uma espécie em vias de extinção...
As principais causas para o desaparecimento destas espécies são as alterações nos habitats naturais, resultantes dos sistemas intensivos de produção agrícola, da construção, da exploração de pedreiras, da sobrexploração das florestas, oceanos, rios, lagos e solos, da introdução de espécies alóctones invasivas, da poluição e, cada vez mais, das alterações climáticas globais. Vários estudos recentes mostram que se não forem envidados mais esforços políticos significativos, é improvável que esse objectivo seja atingido.
Retirado de ForumEstudante

5 comentários:

Isamar disse...

Acredito que se trabalhe no sentido de evitar a extinção dessas espécies mas o esforço tem de ser comum e aí tenho certas dúvidas. O lince ibérico é uma das espécies que tentamos que não desapareça da Serra do Caldeirão. A ver vamos!

Beijinhos

Bem-hajas, colega e amiga virtual!

Jorge P.G disse...

BOM AVISO, BOM APELO!

Há quem não acredite, diga que há exagero nas apreciações, etc.etc.etc. São tolos e levianos os que assim pensam.

Um grande abraço para ti.

o escriba disse...

Amigos Isamar e Jorge

Estes apelos à consciência nunca são de mais! Afinal é a herança que temos para deixar aos netos e é bom que zelemos por esse capital.

bjs e abraços
Esperança

lagartinha disse...

Ai se ao menos cada um de nós fizesse as contas aos aniversários de filhos e netos que teremos daqui a uns anos, começávamos a viver de maneira diferente...é tudo uma questão de números...o meu filho mais novo terá em 2050 apenas 48 anos e os seus filhos, meus netos, poderão ter de 0 a 20...no mínimo...faço o que posso, mas qualquer apoio é bem-vindo.
Beijinho grande

o escriba disse...

Ana Lagartinha

Que gosto tê-la por aqui!!!
Pois é amiga, se cada um fizer uma migalhinha que seja, pode ser que ainda endireitemos o mal passado.

bjinhos
Esperança