domingo, 21 de março de 2010

Comemorações...

Nestes dias tão cheios de lembranças e comemorações, escolho duas apenas:

DIA MUNDIAL DA POESIA
Arte Poética
Que o poema tenha carne
Ossos, vísceras, destino,
Que seja pedra e alarme
Ou mãos sujas de destino

Que venha, corpo e amante,
e de amante seja irmão
que seja urgente e instante
como um instante de pão

Só assim será poema
Só assim será razão
Só assim te vale a pena
Passá-lo de mão em mão

Que seja rua ou ternura
Tempestade ou manhã clara
Seja arado e aventura
Fábrica terra e seara

Que traga ruas e vinho
Berços, máquinas, luar,
Que faça um barco de pinho
E deite um barco ao mar.

José Jorge Letria
LEMBRANDO ELIS REGINA

2 comentários:

Cata- Vento disse...

Duas boas escolhas para comemorar o dia.
O trabalho tem sido muito e os ventos não têm soprado de feição.

Bem-hajas!

Beijinhos

O Guardião disse...

Atrasado vim ler a poesia e ouvir a Elis que é sempre um grande prazer.
Cumps