quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Carta à Aurora

Olá! Sê muito bem-vinda!

Há dois dias que chegaste a este mundo. Há muito que te esperávamos, até mesmo antes dos teus pais se conhecerem. Eras um sonho aninhado numa nuvem da cor da tristeza. E chegaste, com os olhos amendoados e um sorriso enigmático. Encheste-nos o coração de alegria, qual andorinha que anuncia a Primavera.
Agora quero apresentar-te o mundo em que vais viver e o que temos para ti.
Pelos teus olhos amendoados, prescutadores assim que acordas, sei que herdaste a frontalidade da tua bisavó Cila, e por isso começo pelos aspectos menos bons.
Estamos no início do século XXI e o mundo está um pouco descontrolado.
O Homem nunca soube cuidar do seu maior tesouro, a Terra, e agora ela apresenta sinais de desgaste. Avariou-se o clima: há secas onde antes havia chuva, os rios transbordam com cheias abundantes, o fogo executa bailados frenéticos num jogo de paixão com o calor excessivo e até a neve cobre desertos habitualmente quentes.
O Homem levou ao rubro a ambição e tornou-se escravo do dinheiro. Como resultado, o mundo entrou em grave crise. Agora os pobres estão mais no fundo da sua pobreza e os ricos mal aguentam a pressão de perderem milhões das suas fortunas. Há protestos sociais, desemprego em larga escala e fome. Não há guerras, mas os rastilhos são curtos. A religião ainda é motivo de perseguição. A segurança está abalada. A moralidade está em baixa e a mentira prevalece.
Mas, minha querida, o teu sorriso enigmático é a herança do optimismo do bisavô João. E assim digo-te que se os Homens estão a perder quase tudo, ainda falta o quase. E no fundo desta caixa de Pandora ainda está a Esperança, no verde das florestas, no azul cristalino do mar, no calor de um abraço fraterno, nos dias felizes da compreensão, no triunfo do conhecimento, na harmonia das relações, na brancura da paz.
E é isto que nós temos para te oferecer: muito Amor e Esperança.

Da tua avó

12 comentários:

lagartinha disse...

Esperança

Esteja descansada em relação ao futuro da pequenina Aurora (nome lindo!), pois a avó Esperança já começou a fazer um excelente trabalho na sua formação...um dia, espero poder ver a Aurora na blogosfera, a partilhar cultura e humanismo, com tudo o que aprendeu consigo.
Muitos beijinhos e parabéns

Cata-Vento disse...

Sê bem-vinda, Aurora!Nós recebemos-te com amizade, alegria , esperança...
Quanto a ti, Esperança, dou-te os parabéns. Que a tua menina tenha muita saúde. Esta blogosfera está a ficar cheia de ternura de muitas avós que por aqui se passeiam. Agora só falta o tio Joca.

Beijinhos mil

o escriba disse...

Ana Lagartinha

Ora que eu também gostava que ela tivesse queda para estas coisas da blogosfera. Mas olhe que um "Migalhães" não lhe vou dar, não! eheheh!

Obrigada, menina!
Bom fim de semana
bjinhos
Esperança

o escriba disse...

Cata-Vento

De todo o coração, muito obrigada!

Bom fim de semana
bjinhos
Esperança

Jorge P.G disse...

Um honesto postal que espero não assuste a menina!
Há esperança, e amor , e ternura... é disso que ela precisa, é isso que tem que sentir e perceber antes de tudo o mais.
Acho eu, vovó Esperança.

Um abraço e tudo de bom para a menina Aurora.

peciscas disse...

Parabéns à Aurora por ter chegado.
É nas auroras que eu acredito que se podem semear amanhãs melhores.
E parabéns à avô babada.

Carla Silva e Cunha disse...

parabens

o escriba disse...

Jorge

Apesar das coisas más do mundo, ela vai ter carinho e amor a rodos à volta dela!

Muito obrigada, amigo!

Um abraço
Esperança

o escriba disse...

António

Muito obrigada! O amanhã da Aurora terá de ser muito melhor do que o nosso.

Um abraço
Esperança

o escriba disse...

Olá Carla!

Tenho muito gosto em ver-te por aqui!

Muito obrigada!

bjs
Esperança

elvira carvalho disse...

Muitos parabéns pela netinha. Desculpe só vir hoje. Ando muito despassarada com a situação dos meus pais. Minha netinha, nasceu dia 4 e acredita que depois que saíu do hospital, só fui vê-la uma vez?
Que Deus proteja a Aurora, e que a vida nunca lhe seja madrasta.
Um abraço, e mais uma vez parabéns.

o escriba disse...

Elvira

Muito obrigada!

Tenho a sorte de poder ver a minha princesa quase todos os dias e ando nas nuvens!

bjinhos
Esperança